Ações da AMD caem 13% em um dia


Traduzido por Marcus Sarmanho Hermes Marques


Editor chefe


PC Facts



Além da notícia recente de que a AMD perdeu uma considerável parcela de mercado de GPUs dedicada nesse trimestre, o fato de a AMD gastar cada vez menos com pesquisa e desenvolvimento não é bom de se ouvir.


As ações da AMD caíram 13% na última segunda feira sem nenhuma informação ou motivo aparente por trás dessa queda, mas pode ser resultado do resultado financeiro da NVIDIA que se saiu melhor que o esperado ou o fato de a AMD continuar perdendo fatia de mercado mesmo depois do lançamento de suas placas de Nova geração.


Ademais, a AMD tem diminuído os gastos com P&D nesses últimos cinco anos o que tem feito analistas como Mike McConnell dizer o seguinte: "Quando falo com os investidores sobre AMD, surge uma preocupação - tipo, vemos um declínio perto dos 40% em comparação aos níveis de investimento do início da década". O CTO da AMD Mark Papermaster disse que o mercado de PCs está encolhendo e que a AMD está colocando menos esforço em P&D nessa parte do mercado.


Papermaster disse: "Bem está tudo na próxima geração de CPUs começando com as Zen. Está tudo nas sucessivas gerações de nossos núcleos gráficos". Se referindo especificamente às suas APUs e ao design GCN, Papermaster defende que muitos investimentos se pagaram com os ganhos trazidos com a adoção de suas APUs nos consoles. O CTO da AMD afirmou pouco depois que: "Temos um linha muito forte para esses núcleos gráficos ainda por vir"


#PC