AMD ironiza o "DirectX 12" da NVIDIA

Muito tem se falado ultimamente sobre as repercussões que a comunidade tem gerado por conta dos resultados do benchmark de Ashes of Singularity. (Para saber mais, clique aqui). O certo é que, a NVIDIA não escalonou bem em DX12, no caso deste benchmark particular. Sem colocar palavras na boca de ninguém, o mais prudente é sempre aguardar os games finais com os recursos da nova API, mas que o benchmark do jogo da Oxide Games já traz um aperitivo excelente para a discussão nos fóruns mais movimentados.. Ah isso traz...

E foi justamente de um dos fóruns mais movimentados de PC Gaming do mundo - o overclockers.net- que a Oxide Games se manifestou através de um post de um de seus desenvolvedores sobre toda essa discussão. (Para saber mais clique aqui). Maior repercussão que a anterior não poderia haver, certo?! Errado! Simplesmente o colega da Oxide Games expôs que, pelo que ele sabe, as GPUs da NVIDIA (mesmo as mais recentes - as Maxwell) não tem suporte à Computação Assíncrona.

No meio de toda essa confusão, Robert Hallock, da AMD, utilizou de sua rede social particular para desferir contra a NVIDIA todo seu desabafo. Eis na íntegra o que o representante do "lado vermelhor da força" falou:


"Eu acho que os gamers estão aprendendo uma lição importante: não existe esse negócio de suporte total ao DX12 no mercado hoje. Temos visto muitas tentativas de destrair as pessoas desta verdade através de campanhas que deliberadamente confundem os termos "níveis de recursos", recursos individualizados separados" e a definição de "suporte". Isso tem sido bem confuso e tem causado muitos ataques do coração desnecessários e propagação de rumores. Eis a verdade nua e crua: cada arquitetura gráfica tem recursos únicos e nenhuma arquitetura tem todos. Alguns desses recursos únicos são mais poderosos que outros. Sim, estamos extremamente gratos que as pessoas finalmente começaram a ver o jogo de xadrez que temos jogado com a interligação entre as GCN, Mantle, DX12, Vulkan e Liquid VR."


#PC