• Marcus Sarmanho

Forza Horizon 3 deve ganhar patch hoje

Forza Horizon 3 veio com problemas em seu lançamento. Muitos usuários reclamaram de bastante stutter (aqueles congeladas na tela) mesmo em configurações poçantes para rodar o game além de suporte errático ao Logitech G27.

Quanto ao problema do stutter, correlacionado à frametime, já detectamos em primeira mão em nossos testes que o jogo se utiliza inequivoca e indiscriminadamente de Memória Dinâmica do Windows 10. O WDDM 2.1 está emprestando RAM do sistema para compor a VRAM, mesmo que você tenha VRAM física da GPU (SDRAM na realidade) sobrando. Ao fazer esse empréstimo que deveria ser para casos isolados de falta de VRAM, o jogo demanda demais do CPU. Por se tratar de um jogo de mundo aberto, cheio de partículas e contar com uma criptografia de arquivos, o Thread 0 de seu CPU estará constantemente estourando. Para mais informações, confira nosso vídeo que explica tudinho:

A solução por enquanto é ligar o Vsync e limitar a criação de frames (os FPS) de acordo com o que seu cpu consegue. Isso ameniza o uso de CPU (e do Thread 0) por que cada frame tem um X número de draw calls que são gerenciados pela CPU. Quando você diminui a quantidade de frames por segundo com um Vsync por exemplo, a quantidade de draw calls que ele tem que direcionar diminui à proporção que diminuem os FPS, melhorando o uso do thread 0, e melhorando o framepacing.

#forzahorizon3performancebrasil #Forzahorizon3emDX12 #forzahorizonbrasil