Nintendo Switch pode ser baseado em chip Maxwell, podendo ser também menos poderoso que o PS4


Todo mundo quer saber como vai ser o novo console da Nintendo, das poucas unidades vendidas do Wii U, muitos esperam uma reação da empresa com o Nintendo Switch. Poucas coisas também foram comentadas sobre ele, o que se sabe é que o Switch vai ser baseado no chip Tegra da Nvidia. De acordo com os rumores citados pelo site Venture Beat, duas fontes que preferem ficar anônimas, dizem que o console vai ser baseado com arquitetura Maxwell da geração passada. Com isso, a expectativa é que ele seja menos poderoso que o PS4 (em sua versão original, lançado a três anos atrás).

O motivo é devido a Nintendo ter pressa com a produção do Switch para o mercado. A companhia não poderia esperar a produção dos chips Tegra baseados na arquitetura Pascal, justamente pela queda de vendas do Wii U e também de querer ser o primeiro console híbrido já lançado.

Mesmo com essa decisão de utilizar uma arquitetura antiga, existe um benefício sobre isso. Um chip baseado em Maxwell será mais barato de produzir que um chip baseado em Pascal. Com isso, já houve em um site canadense um suposto preço sobre o novo console, custando 329,99 dólares canadenses, o equivalente a 245 dólares americanos. Nada disso foi confirmado ainda, mas essas informações provavelmente podem ser confirmadas no dia 12 de janeiro de 2017, em uma apresentação oficial da Nintendo. Fiquem ligados para mais novidades sobre o Nintendo Switch. Fonte: Wccftech

#NintendoSwitch #Nintendo #Switch #NvidiaTegra #Tegra #Maxwell #Pascal