• PC Facts

Surgem fotos do novo socket LGA 1700 da Intel



Ninguém aqui vai perder tempo criticando o fato de que a Intel não consegue evitar mudar de socket a cada duas gerações de processadores. Por vezes, nem mudanças físicas existem, mas a compatibilidade só é mantida entre duas gerações.

A bola da vez é o socket LGA 1700, que vem para as placas mãe com chipset da série 600 com suporte aos processadores de 12ª geração Intel. É esperado que, obviamente, haja suporte para os processadores de 13ª geração também, os Raptor Lake que devem debutar em 2022 - mais pro final. Essas duas linhas de CPUs terão processo de fabricação de 10nm, finalmente sendo inaugurado pela Intel na linha de processadores que a gente tanto queria.



Reparem que saímos de um formato quadrado do padrão adotado já há mais de dez anos pela Intel, para um standard retangular. Apesar disso, o footprint da placa mãe não parece que irá sofrer alterações. Em outras palavras, os CPUs terão uma cara e forma novas, ganhando 7,5mm de altura, enquanto que o espaço que sobrará na placa mãe será basicamente inalterado.

O design de socket anterior contava com três fixações na placa mãe, enquanto que o mais recente conta com quatro. A alavanca que é responsável por pressionar o processador contra os pinos de contato do socket terá um look mais retilíneo, sem ter aquela curvatura ao final.

Agora é aguardar como isso pode facilitar ou dificultar nossa vida, o quão a Intel pode de fato aprimorar seus CPUs para competir com a AMD que já tem uma linha de sucesso tanto no aspecto de MOBOs quanto de CPUs. Concorrência demais nunca é o bastante.